Muito se diz sobre a importância da educação. Afinal, é peça fundamental nas mudanças necessárias para uma sociedade mais justa e menos desigual.  O acesso à leitura é uma das maneiras de diminuir a distância entre as desigualdades e as oportunidades. Eis a tônica dos depoimentos aqui destacados.

Fabiano dos Santos Piuba, secretário de cultura do Ceará, enfatiza o papel do professor, ressaltando seu viés político, social e humano na formação de leitores.  Patrícia Aldana, editora – foi presidente do IBBY (Internacional Board on Book for Young People) -, complementa falando sobre a importância do papel do professor, ressaltando que o amor aos livros possibilita o encantamento de outros à leitura. E Sebastián Garcia, argentino, editor de de Libros del Zorro Rojo, reafirma que os mediadores de leitura precisam ter confiança em si mesmos e em suas ideias, dar luz às suas iniciativas que podem ser muito próprias e que incentivam crianças e jovens a ingressarem no universo leitor. Confira, abaixo, os depoimentos: