Autora e ilustradora: Lise Mélinand
Tradução: Tales A. M. Ab Sáber
Editora: Cosac Naify

 

Madame Miséria vive nas ruas de uma cidade qualquer. Como todos nós, pensa nas coisas que tem e nas que lhe faltam, mesmo que estas últimas não sejam mais que um desses permanentes desejos passageiros. No seu carrinho leva tudo que possui: um despertador quebrado, uma galinha, uma picareta, dois snorkels, uma máscara, dois rolos de esparadrapo, cinco chaves e oito botões. E os sonhos, nos quais, mais que um marido, figura o desejo de uma vida comum registrada por uma fotografia.

Nas ruas e praças que a acolhem, dia e noite, Madame Miséria conquistou direitos de cidadania, tanto para se valer da letra e se transformar de Miséria em Mistéria, celebrando a fantasia, quanto para gritar de raiva quando se sente agredida. O livro “O carrinho da Madame Miséria – uma história cruel”, escrito e ilustrado pela francesa Lise Mélinand, é uma narrativa bonita e urgente, que coloca as pessoas e seus afetos em primeiro lugar.