Autor e ilustrador: Hervé Tullet
Páginas: 72
Formato: 22 x 27 cm
Editora: Companhia das Letrinhas

 

O que acontece com os personagens quando o livro está terminando? O que eles fazem enquanto o autor está construindo a história? E se eles – autor, personagens e livro – fossem pegos de surpresa por nós, leitores, no meio deste processo? Com esta provocação, Hervé Tullet realiza em Sem título um suceder de acontecimentos que traz questões essenciais para a discussão do que poderia ser um bom livro para crianças.
Aposta no olhar investigativo do leitor para realizar inferências, implicando-o diretamente na discussão sobre a história em construção, o que faz com que não seja “apenas” um livro absurdo, nonsense. Com humor refinado, fala-se da importância do processo de construção artística, do papel do autor, da necessidade de alguns arquétipos de personagens para a composição de um certo tipo de narrativa, de elementos fundamentais para a construção de uma história e a constituição de um livro, sem falar diretamente sobre esses temas. Os temas simplesmente acontecem.
Nas ilustrações, os diferentes tipos de personagens e suas incompletudes gráficas, típicas de rascunhos, vão se evidenciando como ambiguidades de personalidade(como o personagem malvado que acha que, nós leitores, somos fofos!) e nos recepcionam e acompanham nesta enigmática história com extrema simpatia e cuidado.